Algoritmo do Facebook sofreu alteração

Algoritmo do Facebook sofreu alteração

O algoritmo do Facebook sofreu uma nova mudança. A partir de agora, o sistema contabiliza como importante o tempo que os utilizadores permanecem numa determinada publicação, acedida através do feed. Prevendo que quanto mais minutos os utilizadores estiverem nesse link, maior é o interesse pelo seu conteúdo, consequentemente o Facebook disponibilizará artigos semelhantes, incluindo do mesmo autor, no feed de notícias do respetivo utilizador.

Especialistas em redes sociais têm de apostar ainda mais em conteúdo de qualidade

O tamanho dos artigos será tido em conta. Sendo assim, os textos mais pequenos – e que demoram menos tempo a ler – não serão prejudicados e os mais longos não vão estar em vantagem. Graças a esta novidade, os especialistas em redes sociais terão um novo desafio: apresentar um conteúdo que seja ainda mais apelativo para prender a atenção da maior parte dos utilizadores.

Anunciada no passado mês de Abril, esta é mais uma medida integrada no Feed Quality Program de uma das redes sociais mais conhecidas para combater a apresentação de conteúdo irrelevante junto dos seguidores e contribuir para que os utilizadores passem mais tempo no Facebook e a rede social angarie mais lucros.

«Através desta mudança, conseguimos entender melhor que artigos serão mais interessantes para vocês, baseando-nos em quanto tempo vocês e os outros os lêem. Daí que seja mais provável que encontrem no vosso feed aquelas histórias sobre as quais tenham mesmo interesse», explicou o Facebook no seu blog oficial.

QUAIS OS EFEITOS DESTA MUDANÇA NAS PÁGINAS DO FACEBOOK?

Normalmente, as alterações no algoritmo não passam despercebidas para diversas marcas e editores que ou se sentem assustados, ou se sentem beneficiados. Por enquanto, ainda não se sabe qual o impacto destas novas mudanças, que apenas estarão estabelecidas completamente no decorrer das próximas semanas. Porém, o «gigante» das redes sociais já informou que os administradores das páginas não serão muito afetados por estas mudanças: algumas poderão contar com um pequeno crescimento e outras com um declínio pouco alarmante.

Mas há mais novidades. Como os utilizadores não aprovam ver publicações apenas de uma única página, para aumentar a diversidade de conteúdos nos seus feeds, o Facebook está a desenvolver uma ferramenta que permite a apresentação de diversas páginas no feed, em vez de diferentes posts de uma única página. Logo, existe uma crescente multiplicidade de fontes.

Por isso, é possível que as páginas que apostam bastante no marketing de conteúdo e têm níveis de alcance elevados sofram uma redução, enquanto as outras páginas terão um aumento.

Comentários

comentáros

LEAVE A COMMENT